Como a tecnologia pode ajudar minha PME a crescer?

As pequenas e médias empresas lidam com uma concorrência cada vez mais acirrada, impulsionada pelo surgimento de startups e modelos colaborativos de negócios que entregam resultados cada vez mais rápidos. Para acompanhar esse ritmo acelerado, é necessário apostar em tecnologia visando redução de custos e otimização de processos.

Neste post, vamos mostrar como a tecnologia e a adoção do sistema de gestão ideal é importante para o crescimento da sua PME. Acompanhe!


QUAL A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA PARA A PEQUENA E MÉDIA EMPRESA?

Em um mundo em que a troca de informações é feita praticamente em tempo real, contar com sistemas modernos e hospedados na nuvem, é praticamente uma obrigação para as empresas que almejam crescer. Por isso, a adesão da tecnologia em uma PME é decisiva para entender se essa organização tem capacidade de alcançar números mais consistentes ou se vai ter uma vida curta.

Além disso, pequenas e médias empresas que digitalizam a sua gestão conseguem se manter de acordo com as exigências legais. É preciso máxima organização de diversos fluxos internos para que a prestação de contas com órgãos de fiscalização seja feita em dia.

Outro ponto importante que destaca a importância da tecnologia para uma PME é a agilidade na tomada de decisões. Com o uso de softwares inteligentes para registro e consulta de informações, é possível consultar indicadores e gerar relatórios com muito mais rapidez, o que auxilia na compreensão dos rumos da empresa e a fazer mudanças conscientes.


A IMPLANTAÇÃO DE UM SOFTWARE DE GESTÃO EM UMA PME É VIÁVEL?

Embora os custos de manutenção de software sejam altos para uma empresa de menor porte, as soluções disponíveis atualmente, no formato de SaaS (software as a service) e Cloud Computing, ajudam e muito na redução do gasto necessário para prover esse tipo de tecnologia.

Dentre as várias facilidades, essas soluções não exigem uma grande equipe de TI ou de uma infraestrutura robusta para que sejam mantidas. Além disso, em geral tratam-se de softwares  escaláveis, ou seja, a empresa pode pedir um armazenamento maior se começar a lidar com um volume de dados mais representativo.

Esse tipo de sistema carrega características que popularizaram o seu uso, como uma interface intuitiva e ferramentas de coleta e visualização de dados (BI) mais fácil de ser compreendida. Diversos recursos foram aplicados para melhorar a experiência do usuário com essas ferramentas, assim o empresário e sua equipe conseguem usar a ferramenta com facilidade.


OS 5 FATORES DA TECNOLOGIA QUE PODEM AJUDAR DE MANEIRA EFETIVA NO CRESCIMENTO DA SUA EMPRESA.

Destacamos aqui 5 tópicos que mostram com mais clareza como a implantação da tecnologia, por meio de um software de gestão integrada, vai impulsionar o desenvolvimento do seu negócio. São eles:

1. Competitividade

A tecnologia pode abrir um vasto campo de atuação para a PME. Mesmo que em fase de desenvolvimento e com poucos recursos, uma empresa pequena tem condições de competir não são só com outras iniciativas menores, mas também com grandes empresas.

Para isso, precisam de boas soluções que permitam a operação com eficiência e rapidez.

2. Segurança

Toda organização tem em suas mãos diversos dados confidenciais de clientes. Manter a segurança dessas informações é essencial, e sua organização deve estar protegida de uma eventual  invasão que possa comprometer a integridade e privacidade desses dados.

Apesar de, nos dias de hoje esse requisito não ser mais um diferencial, mas uma obrigação das fornecedoras de tecnologia, ainda assim é importante saber que sua empresa conta com o que há de melhor em segurança .

3. Mobilidade

Clientes e fornecedores não dependem mais de desktops ou notebooks  para fechar negócios. O celular faz parte da rotina de comunicação nos dias atuais e contar com um software que ofereça mobilidade na consulta de relatórios e gráficos auxilia muito a gestão, principalmente quando os CEOs precisam viajar constantemente.

4. Integração de Dados

Mais do que a comunicação em tempo real, as empresas precisam consultar as informações em uma única fonte. Apenas com essa facilidade é possível economizar tempo e dinheiro, facilitando a análise e comparação de dados. Fica inviável para uma organização de menor porte contratar e coordenar sistemas de diversos fornecedores, além de contraproducente.

O ideal é trabalhar com uma solução integrada, que reúna informações de marketing, faturamento, dados de clientes, inventário, entre outros. Esses dados devem ser centralizados para que a empresa consiga focar em estratégias de crescimento e obter resultados mais significativos.

5. Análise de Dados

Empresas de todos os portes e setores de atuação estão reconhecendo a importância da análise de dados para melhorar estratégias, compreender os pontos obscuros do negócio e ter uma visão mais ampla de todos os processos.

A análise cuidadosa de dados pode ser feita em algumas áreas da empresa:

– gestão de pessoas, para aumentar a produtividade e aproveitar ao máximo as competências dos profissionais;

– marketing, para entender melhor o público-alvo e quais produtos tiveram maior adesão;

– estratégias de venda, para compreender onde e quando determinados produtos venderam melhor, além de alavancar itens que não tiveram tanta saída.

Essas informações mais relevantes devem estar disponíveis em tempo real e com fácil acesso. Isso vai permitir que os diretores tomem decisões rápidas, aproveitando um gancho de divulgação ou revertendo números negativos de venda numa mesma temporada.

A tecnologia é um recurso essencial para o crescimento de uma PME. Apenas com um bom software é possível ter acesso a dados relevantes, que vão ajudar na administração do negócio.

Sem uma boa integração entre os diversos setores (financeiro, comercial, RH, entre outros), dificilmente uma empresa vai conseguir sobreviver aos primeiros anos e dar passos mais largos.

O retorno do investimento em soluções tecnológicas é inquestionável: reduzem-se erros, otimizam-se processos, viabilizam-se decisões mais conscientes e acertadas, e principalmente, faz-se com que o empreendedor saiba como a organização está caminhando, consiga desenhar e traçar metas, tendo inclusive melhores parâmetros para avaliar os resultados.


QUAL A SOLUÇÃO TECNOLÓGICA IDEAL?

Essa resposta depende muita das características do seu negócio e da sua organização, mas uma solução que contempla todos os pontos abordados nesse artigo, além de contar com o selo de qualidade da gigante alemã SAP, é a versão do SAP Business One para HANA (B1H). Trata-se de uma versão otimizada para organizações de menor porte do poderosíssimo SAP HANA (S/4HANA). Esse software permite o controle de informações inteiramente na nuvem, além da extração de dados e geração de relatórios com rapidez única, cruzando em alguns minutos informações que levariam horas ou dias para serem localizadas e comparadas.

O B1H conta ainda com funções analíticas integradas para a obtenção de insights contextuais instantâneos, que vão dar todo o suporte para a tomada de decisão.

A plataforma também oferece acompanhamento em tempo real do estoque, informações sobre histórico de compras dos clientes, previsão de fluxo de caixa, entre outras funcionalidades. Tudo em um sistema simples e acessível de qualquer lugar, que diminui a carga de trabalho para a sua equipe de TI e também as necessidades de investimentos em infraestrutura interna.

Se interessou pelo SAP Business One para SAP HANA? Clique aqui, fale diretamente com um de nossos consultores e entenda agora mesmo como esse software funciona e como ele vai ajudar sua PME a crescer!

Compartilhe esse Post!

Quer saber mais sobre o SAP Business One (B1)?

Assine nosso Blog e receba mensalmente as novidades.